Buscar
  • Sérgio Martins

Di Ferrero: "Compor é uma grande terapia"


No início de março, o cantor Di Ferrero anunciou ter testado positivo para o Coronavirus. Ele deu entrada no hospital com tosse e usou suas redes sociais para avisar que estava se tratando. Ferrero voltou a elas para comunicar sua cura. O processo pelo qual ele passou, bem como as dificuldades que a classe artística tem enfrentado (como todos nós, claro) esse período tão estranho. O vocalista irá estrear uma série que batizei candidamente de Música do Confinamento, onde pessoas que eu admiro irão contar de que maneira o vírus está modificando sua produção. Com vocês, Di Ferrero.

O que você anda escutando nesse período tão estranho para todos nós?

Nesse período estou ouvindo coisas que me acalmam ou me jogam pra cima. Fui desde Caetano Veloso, Gilberto Gil e Um século de Música até The American Dollar, que é uma banda que faz músicas para dormir e relaxar. Ah e os novos do Pearl Jam e Black Pumas.



Você ainda encontra inspiração para produzir ou tem se dedicado a outras atividades?

Na fase que estava rouco fiquei ouvindo e lendo bastante. Depois que melhorei, a primeira coisa que fiz foi fazer uma música chamada Vai Passar, que me acalmou muito. Compor é uma grande terapia para mim neste momento Você acha que esse período pelo qual estamos passando irá afetar a tua maneira de compor?

Vejo a vida por momentos. Acredito que todas as experiências mudam e somam na minha maneira de compor. Esse caso foi algo que mexeu muito, então vai ser mais um momento que irei levar comigo.

https://www.instagram.com/diferrero/




52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

(5511) 99127-8997

©2020 por SergioMartins. Orgulhosamente criado com Wix.com