Buscar
  • Sérgio Martins

Landau: "A introspecção é minha aliada"


O cantor e compositor mineiro Landau faz uma boa mistura de hard rock com ritos caipiras, a qual batizou de agrocore. Flavio Oliveira de Oliveira tirou seu nome artístico do famoso modelo de carro da Ford e dialoga tanto com o público do rock quanto o do famoso sertanejo universitário. Em Canções do Confinamento, ele diz como esse período de reclusão auxiliou seu método de composição e até recuperou canções de seu repertório que falam de como superar as adversidades. Com vocês, Landau!

O que você anda escutando nesse período tão estranho para todos nós?

Sou muito fã de hard rock e ultimamente tenho ouvido muito o álbum Road Forever, do Don Felder (fundador dos Eagles) e também o álbum Matriz da banda Rádio Taxi.





Você ainda encontra inspiração para produzir ou se dedica a outras atividades?

As minhas inspirações são como um retrato instantâneo do que vejo e do que sinto. E eu adoro isso! Apesar das inúmeras incertezas desse momento de isolamento e das constantes preocupações devido aos adiamentos dos compromissos, sinto inúmeras frases, melodias e ritmos sempre cruzando meu caminho, daí corro pro meu home studio, que praticamente uso como um laboratório musical, e por horas fico experimentando sons, timbres e repertório. Mas é claro que entre um experimento e outro, além das lives que eu adoro fazer e participar, sempre rola uma pausa pra passar um cafezinho, assar um pão de queijo e assistir a um episódio de uma série, ou de algum documentário, pois sou fissurado em cinema também.

O período pelo qual estamos passando irá afetar a tua maneira de compor?

Com certeza. Desde o meu início de carreira até hoje, sempre escrevi sobre minhas angústias, desejos e anseios para construir minhas músicas, tanto românticas como irreverentes. E neste atual momento, a exemplo do resgate da canção Tudo Sempre dá Certo feita em parceria com o pianista Tiago Mineiro em homenagem aos profissionais da saúde, e da atual canção de trabalho Retrovisor, facilmente percebo que ambas já são um reflexo do que venho absorvendo deste momento atual, mostrando que a introspecção tornou-se uma fortíssima aliada pra essa minha nova fase artística.




110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

É a maior