Buscar
  • Sérgio Martins

Zeeba: "Terei músicas até 2021"



Marcos Lobo Zeballos, o Zeeba, estava no processo de iniciar a turnê de seu projeto acústico quando foi surpreendido pela pandemia do Coronavírus. A solução foi retornar ao estúdio e trabalhar em novas composições. Que certamente virão com uma vertente mais introspectiva, por causa desses tempos sombrios. Com vocês, Zeeba.

O que você anda escutando nesse período tão estranho para todos nós?

Estou escutando uma playlist que criei durante o processo de gravação do meu disco acústico, além das minhas próprias músicas. Vou até compartilhar a playlist.



Você ainda encontra inspiração para produzir ou tem se dedicado a outras atividades?

Estou fazendo muita coisa: compondo, tocando teclado e planejando a minha turnê acústica, que ia começar em abril e teve de ser adiada por causa do Coronavírus. A parada vai ser útil para eu fazer tudo com mais calma. Mas estou compondo até sobre um momento. São canções introspectivas porque trazem a vibe atual.



O período pelo qual estamos passando irá afetar a tua maneira de compor?

Afetar, afeta. Mas não vejo isso como algo negativo Nós, compositores, registramos o momento pelo qual estamos passando. São situações diferentes que trazem inspirações diferentes. Não só as minhas criações, mas de muita gente com quem eu trabalho, como o Bruno Martini. Muito material para ser lançado no segundo semestre e até no início de 2021.

78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo